-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.257.500 VISITAS * MAIO 2024 *

. . .

Quem em mim habita

Fábia Rebordão / Alfredo Duarte *marcha do marceneiro*
Repertório de Fábia Rebordão

Porque caio nesta angústia
Que se arredonda no peito
E que gela os meus sentidos
Desfazendo assim o jeito
Do encanto que desfeito
Leva os meus sonhos perdidos

Porque habitas dentro em mim
Sem pedir sequer licença 
Contemplando minhas dores
Dita de vez a sentença
Pois eu recuso a presença 
Que matou tantos amores

Porque traio assim meu corpo
Na escuridão do meu quarto 
Onde vai meu pensamento
Fico a sós e pouco a pouco
Dispo o pranto e visto a noite 
Que sossega o meu lamento