- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Canto com o coração

Maria de Lurdes Brás / João do Carmo Noronha *fado pechincha*
Repertório de Maria de Lurdes Brás

Num beco da Mouraria
Ouvi cantar a rigor
Quando já rompia o dia
Se calou o cantador

Não sou fadista de raça / Nem sou de bairro afamado
Mas se canto e quando canto / Canto por amor ao fado

Ai! a água do rio corre / Da nascente para a foz
Também um fadinho corre / Duma voz p’ra outra voz

Sempre que um fadista canta / Com sentida emoção
Não canta com a garganta / Mas sim com o coração