- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Saudades de quê?

Fernando Campos de Castro / Julio Proença
Repertório de Arlindo de Oliveira

Anda comigo a saudade
Não suporto o coração
Comemos juntos à mesa
Com toalhas de tristeza
Em pratos de solidão

E todos os meus sentidos / São como ave perdida
No meio desta verdade
Sei que não tenho saudade / Nem do amor nem da vida

Amordaçado e vencido / Pela saudade sem fim
Perdi-me do consciente
Andei perdido entre a gente / Tive saudades de mim

Anda comigo a saudade / E é de saudade o meu grito
Nesta angústia de onde venho
Sei que as saudades que tenho / São saudades de infinito