- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Esta Lisboa que eu amo

Fernando Carvalho / Anibal Nararé / Frederico Valério
Repertório de Simone de Oliveira

Nesta Lisboa que eu amo
Sinto o mar em cada esquina
Esta Lisboa tem ondas
No andar de uma varinaCidade tão antiga
Cidade amiga
Modesta e bela
Varia com as marés
E tem o Tejo a seus pés
A chorar de amor por ela


Cidade de mil cantigas
Nasce a canção como uma flor
Na boca das raparigas
Andam cantigas d'amor


Minha Lisboa que te posso dar?
Dai-lhe mais cantigas para ela cantar
Minha Lisboa que te hei-de oferecer?
Dai-lhe mais cantigas para ela aprender