- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.315 LETRAS <> 2.220.000 VISITAS <> JULHO DE 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Um fadinho à juventude

Fernando Farinha
Repertório de Fernando Farinha 

Cabelos desalinhados / Um capacete no braço
Uns ténis brancos calçados / Um jeito rock no passo
Calça de ganga e blusão / Com um estampado inglês
Lá vai o engatatão / OTedy Boy português

Fazendo inveja aos cámones / Os ídolos dos seus encantos
São os Beatles, Roling Ston's / Pink Floid e outros tantos
P'ra festas de conta gotas / Não gasta nem uma coroa
Só pró rock e mil garotas / É que ele está numa boa

Na sua motorizada / Faz corridas bestiais
E nunca falta à chamada / Sempre que há jazz em Cascais
Às vezes, com fúria louca / É vê-lo aí pelas ruas
A fazer o boca a boca / N
uma miúda das suas

Da mãe, não quer os conselhos / Nem do pai, o modo drástico
E diz que nós, os mais velhos / Somos uns botas de elástico
Cá por mim estás à vontade / Ec'oa voz que em mim nasceu
Canto à tua liberdade / Sou todo por ti, oh meu