- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mentiras

Rita Ferro / Pedro de Castro
Repertório de Kátia Guerreiro

Gostava muito de ti
Mas não posso gostar mais
As mentiras que me pregas
São facadas, são punhais

Olha quando me enganaste / Com a maluca da Maria
Juraste mais de três vezes / P’la alma da tua tia

A minha mãe apanhou-te / A beijá-la, no barranco
A mim disseste que foste / Levantar dinheiro ao banco

E quando, já desvairada / Te obriguei a confessar
Alegaste não ter culpa / Dela ser espectacular

Que estupidez exigir-te / Honradez e seriedade
Consegues que doa menos / A mentira que a verdade

Faz-me portanto um favor / Nunca deixes de enganar-me
Se as mentiras matam gente / As tuas podem salvar-me