- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

"mp3 disponíveis"

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.295 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.135.500 VISITAS /*/ 31.05 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

" fadopoesia@gmail.com "

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa >

Como se fosse uma flor

Hélder Moutinho / Casimiro Ramos *fado três bairros*
Repertório de Joana Amendoeira

Abraço a minha canção
Com toda a minha tenura
Como se fosse uma flor
E guardo na minha mão
A coragem, a loucura
Nesta viagem do amor

Trago um rio no meu olhar
Ao lado da madrugada / Perto da minha cidade
Nasci à beira do mar
E às vezes não trago nada / Trago apenas a saudade

Tudo aquilo que guardei
Lá no fundo da minha alma / É tudo aquilo que eu sou
E ainda hoje não sei
Se quando a vida se acalma / Descubro p’ra onde vou

São histórias que o fado canta
Retalhos do meu passado / Nesta viagem do amor
Mistério que se levanta
Num sonho tão bem guardado / Como se fosse uma flor