-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

Amália sempre e agora

Amélia Muge / Mário Pacheco
Repertório de Mísia

Voz ancestral de bacante 
De grega sacerdotisa
De pitonisa, de musa
Dos cantos à deusa Íris 
E das rezas a Maria
Do lamento à luz do dia 
De sereia em nevoeiro
Uivo na estepe que chora 
Amália sempre e agora

Voz de jasmim de Djerba 
De passarinho na noite
Da savana africana 
De raga em Katmandu
De índia velha no Perú
Dos ventos da Anatólia 
Das fontes dos Pirenéus
Que o próprio canto namora 
Amália sempre e agora

Voz de Afrodite brilhando 
Qual estrela da manhã
Velando na madrugada
Voz de uma moira encantada 
De uma rosa no deserto
De um trovão em céu aberto 
Que vem de fora p’ra dentro
Que sai de dentro p’ra fora 
Amália sempre e agora

Voz daqui, de todo o lado 
Levando a casa do fado
Aos quatro cantos do mundo
Como se a vida encontrasse 
Nesse canto tão profundo
O próprio início de tudo 
Que vem de fora p’ra dentro
Que sai de dentro p’ra fora 
Amália sempre e agora