- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Boémia da noite

João Correia / Nel Garcia
Repertório de Leonor Santos 

Tu dizes a esmo / Coisas que não são
Nada de ti mesmo / Ditos sem razão
Tu dizes a esmo / Triste desabafo
Nada disso eu faço / Louco coração

Boémia da noite é o que me chamas
Mas não proclamas a louca que sou
Boémia da noite, sou o que tu és
Em vivas marés no mar para onde vou

A noite é p’ra mim / Meu eterno encanto
É rumo sem fim / Irmã do meu canto
A noite é pra mim / Poema encantado
É tudo de um fado / É a voz que te canto