<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.870 LETRAS // 1.400.000 VISITAS // OUTUBRO 2019

Velha tipóia

António Vilar da Costa / Francisco Carvalhinho
Repertória de Fernanda Maria 

Mouraria que saudade / Das antigas traquitanas
Que deram fama ao Timpanas / E vida e cor à cidade

Junto da velha tipoia / Encostado ao candeeiro
Surgia sempre um pinóia / P’ra gritar ao boleeiro

Aos toiros apronta-me essa boleia
A trote que a praça deve estar cheia
Arranca, nem que arranques a calçada
Ao romper da madrugada
Quero estar em Vila Franca

Quando a malta regressava / A horas mortas da estúrdia
Era tão grande a balbúrdia / Que a Mouraria acordava

E ao findar a desgarrada / Tornava-se a ouvir o brado
Do pinóia que chamava / Ao boleeiro, ensonado