- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lápis sem cor

Letra e musica de Jorge Fernando
Repertório de autor

Rostos em cor ao meu redor, distraídos
Olhos no chão, no ombro a mão, descaídos
Bocas sem voz, fecham-se os nós, dos sentidos

Perco-me à noite, não me sei
Lápis sem cor, cor que pintei
Meu coração, meu coração

Vejo-me assim, espelho de mim, alma ferida
Tropeço fiel ao meu papel, que é a vida
Eu não sou mais, apenas mais que alma ferida