- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.315 LETRAS <> 2.220.000 VISITAS <> JULHO DE 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Rosa e o Chico

Rui Rocha / Miguel Rebelo 
Repertório de Miguel Rebelo 

A Rosa de Alfama trabalha na copa dum bar afamado
Já criou a fama de fazer a sopa a cantar o fado
E diz quem provou, que nunca encontrou um sabor assim
Um gosto a guitarra, a noites de farra e paixões sem fim

E o Chico das mesas ganhou pela Rosa amor e carinho
E cheio de incertezas, pediu-a por esposa dizendo baixinho
És mulher prendada, tem dotes de fada e és destemida
Eu sonho acordado viver a teu lado p'ró resto da vida

E tal foi o espanto, que a Rosa Maria ficou sem falar
E Chico entretanto da copa fugia com o rosto a corar
E ninguém pensava que a Rosa aceitava noivar o lacaio
E contra o esperado ficou combinado casamento em Maio

Juntaram mobília, faiança do norte e mudas de cama
Fotos de família, medalhas de sorte e um quadro de Alfama
E num lar modesto feliz e honesto ficaram depois
E criando os filhos sem terem cadilhos, viveram os dois