Clique na imagem e oiça Fado !!!
* * * * *
As 5.380 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo brasileiro* 1921/1997
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Santo António é alfacinha

Jorge Rosa / Nuno Nazareth Fernandes
Repertório de Maria Armanda

Santo António é alfacinha, eu também sou
Vai com ele cidade minha, eu também vou
Estás deserta por bailar, eu também estou
Dá-te beijos o luar, eu também dou

Vou na marcha à lua da lua
E cada bairro, cada rua
Vai nesta marcha comigo
A cidade é uma canção
E quem não me der razão
Fica em casa de castigo


Olha Lisboa, que bonita, que bonita
Como saltita toda alma e coração
Ola Lisboa, que engraçada, que engraçada
Apaixonadoa por amor à tradição
Olha Lisboa, como canta, como canta
Cada garganta mesmo rouca canta ainda
Olha Lisboa que Santo António abençoa
Olha Lisboa, como é linda, linda, linda

Dou o braço a quem vier
E seja o que Deus quiser
Vou nesta marcha contente
A alegria não me cansa
Que um futuro cor de esperança
Ilumina toda a gente