- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Contradição

Florbela Espanca / Popular *fado mouraria*
Repertório de António Passão

Adivinhar o mistério
Da tu’alma, quem me dera
Tens nos olhos o Outono
Nos lábios, a Primavera

Enquanto teus lábios cantam / Canções feitas de luar
Soluça cheio de mágoa / O teu misterioso olhar

Com tanta contradição / O que é que tu’alma sente
És alegre como a aurora / E triste como o poente

Desabafa no meu peito / Essa amargura tão louca
Que é tortura nos teus olhos / E riso na tua boca