- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

As minhas horas

Maria Manuel Cid / Joaquim Campos *fado vitória*
Repertório de Argentina Santos

São assim as minhas horas
Sem promessas, sem demoras
Sem mentira, sem verdade
Horas mortas e paradas
Silêncio de madrugadas
Em dias de tempestade

Palavras que murmurei
Padres-nossos que rezei / Apenas por tradição
Alegrias e prazer
Passaram sem eu saber / Por entre os dedos da mão

Sou pedra de campa rasa
Pobre cinza duma brasa / Não sinto calor ou frio
Um perfume sem incenso
Foram-se os anos e penso / Que tenho o corpo vazio