- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mulher coragem

Fernando Campos de Castro / Antonio Chaínho
Repertório de Natércia Maria

Sobre um palco improvisado, cantei fado
E das minha emoções, fiz mil canções
Vivi horas d’esperança
Fui mulher e fui criança
Tive sonhos e paixões

Artista em viagem por terras estranhas
Por longas estradas sofri solidão
Mulher de coragem, andei à deriva
Mas soube estar viva no mar da canção

Com poetas na bagagem, fui mensagem
Por aldeias de amizade, fiz saudade
E em cada melodia
Pus a cor desta alegria
Sem fronteiras nem idade

Pus a alma de quem canta na garganta
Fui canção e fui raiz do meu país
Pela margem do meu corpo
Passeou tanto desgosto
Mas cantando sou feliz