<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Letra para um hino

Manuel Alegre / António Chaínho
Repertório de Humberto Sotto Mayor 

É possível falar sem um nó na garganta
É possível amar sem que venham proibir
É possível correr sem que seja a fugir
Se tens vontade de cantar
Não tenhas medo, canta

É possível andar sem olhar para o chão
É possível viver sem que seja de rastos
Os teus olhos nasceram para olhar os astros
Se te apetecer dizer não
Grita comigo, não

É possível viver de outro modo
É possível transformares em arma a tua mão
É possível o amor, é possível o pão
É possível viver, viver, viver de pé

Não te deixes murchar, não deixes que te domem
É possível viver sem fingir que se vive
É possível ser homem, é possível ser homem
É possível ser livre, livre livre, livre