- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu amor pequenino

Paulo Abreu Lima / Rui Veloso 
Repertório de Mariza 

É tão bom seres pequenino
E eu, de ti, ser tua mãe
Nesta sorte do destino
Dos amores que a vida tem

Nunca cantei tão baixinho / Este amor dentro de nós
Quando adormeço o menino / No berço da minha voz

Os meus braços no seu leito / São rios de uma paixão
Nas margens onde me deito / Há o bater do coração

Faz do meu colo o seu ninho / E deste canto as amarras
Com gemidos de mansinho / Que mais parecem guitarras

Dorme, dorme, meu menino / Nos sonhos que a vida tem
Mas guarda sempre um cantinho / Ao colo da tua mãe