- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quem faz de conta

Jerónimo Bragança / Jorge Costa Pinto
Repertório de Tristão da Silva

Não é viver se não houver a flor dum sonho
Flor sem raíz, chão sem país ao sol risonho
Sonhar é força que o sangue percorre
Quem vive sem sonhos
Como que morre sem andar

Sonhar é tudo quanto resta a quem não tem de seu
Quem faz de conta, não protesta, é como eu
Sonhar é fome que consome e que faz mal
Maldito sonho em que suponho, ser teu igual

Viver não é chegar ao pé de quem responde
Viver é mais saber que mais, ir ver aonde
Viver é força do sangue dum sonho
Quem mora na vida quase não vive sem sonhar