- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Como palavras de fado

Fernando Campos de Castro / Filipe Pinto *fado meia-noite*
Repertório de João Loy

Estas mãos já não são minhas
Meu amor se te lembrasses
Dei-te as mãos que tu não tinhas
À espera que me tocasses

Sonhei noites, morri dias / À espera dum toque teu
Dessas mãos que tu dizias / Tão perto do corpo meu

Deixaste em mim a saudade / Que o teu corpo me deixou
De viver nesta ansiedade / De já nem saber quem sou

Não sei que fado é o fado / Que me faz ficar assim
Com todo o mundo enleado / À solta dentro de mim

Foste presente em passado  / No meu olhar todo azul
Como as palavras de fado / Que canto de Norte a Sul