- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Apenas por te deixar

Maria de Lurdes Carvalho / Martinho d'Assunção
Repertório de Manuel de Almeida

Deixei-te uma noite p'ra viver
Andaste sem destino a vida inteira
Entre estrelas queinaste o teu sorriso
Teu corpo repousou em muita esteira

Deixei-te a liberdade para amar
Correste braços, braços, sem parar
Buscavas com a sede de gazela
A àgua que ninguém te quis negar

Deixei-te ao prazer dos teus quereres
Apressaste no ventre os teus desejos
Passaram primaveras p'los jardins
E como em tantas bocas, os teus beijos

Deixei-te de olhos belos, brasa pura
No peito, esperança larga, céu imenso
Encontrei-te ajoelhada, noite escura
Vivendo das loucuras, o silêncio