As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Os dois horizontes

Machado de Assis / Popular e Alberto Correia *fados: mouraria e solene*
Repertório de Camané

Um horizonte, a a saudade
Do que não há-de voltar
Outro horizonte, a esperança
Dos tempos que hão-de chegar

O gozo do amor sonhado / No olhar profundo e ardente
Tal è na hora presente / O horizonte do pasaado

Ou ambição de grandeza / Que no espírito calou
Desejo de amor sincero / Que o coração não gozou

Ou o viver calmo e puro / A alma convalescente
Tal è na hora presente / O horizonte do futuro

Na avidez do bem sonhado / Ao nosso espírito ardente
Nunca o presente è passado / 
Nunca o futuro è presente