- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ais do fado

Silva Tavares / António Melo
Repertório de Tristão da Silva

Seja breve ou prolongado
Todo o fado um ai requer
Fado sem ais não è fado
È uma cantiga qualquer

Mal de amor que nos contrista
Solto um ai, faz menos mal
E não queira ser fadista
Quem não queria crer em tal

Como
que abraçado ao fado amargurado
È que um ai sai da garganta que se canta
E porque dum ai que sai o alívio que se tem
Só quem ama o sente bem


Dei um ai cantando o fado
Como nunca ninguém deu
Quanto ao mais, por quem foi dado
Sabe-o Deus e sei-o eu

È melhor que ela o não saiba
Pois de tudo troça e ri
P'ra que em meus pecados caiba
Sempre um ai, pensando em si