- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Penas *J.Silva*

Júlia Silva / Cavalheiro Júnior *fado porto*
Repertório de Júlia Silva

Trago penas em minh’alma
Penas de fúria e de calma
Que teimam viver comigo
Ocupam o meu espaço
Envolvendo-me num laço
Se calhar è por castigo

Tempestades desvairadas
Trazem-me penas molhadas / Dum pranto amargo e sozinho
Passeiam na minha vida
Fazendo dela sofrida / E prosseguem seu caminho

São penas soltas ao vento
Que sofrem sem um lamento / Atravessando marés
Vagueiam desnorteadas
E depois, extenuadas / Vêm caír a meus pés

E num soluço magoado
Escrevem-me este fado / Que me pedem p'ra cantar
São penas da minha vida
Vida que vivo sentida / Vida que vivo a sonhar