- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A raiva de ser assim

Manuel Carvalho / Armando Machado *fado súplica*
Repertório de Augusto Lopes

Pela taça da vida já bebi
Horas d’angustia, d’amargura
Tanto de saudade já sofri
E quase d’amor fui à loucura

A raiva que em meu peito mais me dói
É tentar ser feliz e não o ser
Ter sempre esta tristeza que me mói
A alma tão dorida de sofrer

Tentar compreender meu semelhante
Semear a virtude e tanto assim
Que ouvindo os outros num instante
Fico a sofrer por eles e por mim

O fado cantando, vou mantendo
Esta chama d’amor acesa em mim
Gritando que à maldade não me vendo
Sou aquilo que sou, nasci assim