- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.700 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

No Jardim de Palhavã

Carlos Conde / Pedro Rodrigues
Repertório de Ana Rosmaninho

Nos jardins que emolduravam
O palácio sumptuoso
Dos grandes de Palhavã
Os convidados dançavam
Ao compasso harmonioso
Duma valsa de Chopin

Títulos de honra, ordens raras
E comendas realçando / Toda a elegância dos pares
Sedas finas, jóias caras
E luvas altas roçando / Casacas de titulares

Mas eis que alguém anuncia
Como suprema bizarra / Cesária, a nova Severa
E o grande João Maria
Para estreia da guitarra / Que D.Carlos lhe oferecera

Velaram-se os candeeiros
No salão nobre e doirado / Dos jardins de Palhavã
Correram os reposteiros
Fez-se silêncio, e o fado / Só terminou de manhã