- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando o fim volta ao início

Tiago Torres da Silva / Popular *fado menor-versículo*
Repertório de Marco Rodrigues

Nunca tive tanto amor... para oferecer
E sem ter a quem o dar... vivo tão triste
Já nem percebo se é dor... ou se é prazer
O que sinto ao recordar... quando partiste

Sinto ter chegado ao fim... e no entanto
Sei que o fim volta ao início... para nós
E que vai nascer em mim... e no meu canto
Esta dor que é o meu vício... e a minha voz

Hei-te pôr os teus lençóis,,, na minha cama
Para quando adormecer... longe de ti
Lembrar que uma vida a dois... para quem ama
É razão p’ra se viver... como eu vivi

E se hai-de entregar ao fado... o nosso amor
Este amor que terminou... ao começar
Mesmo que eu esteja calado... e sem compor
É no fado que me dou... por te adorar