- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 publicações <> 1.750.000 visitas <> Maio 2020 °
- - -
° POR QUESTÕES DE FUNCIONALIDADE EXISTEM ÍNDICES DIVIDIDOS EM 2/3 COLUNAS // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

Alvorada

Julio de Sousa
Repertório de Francisco Martinho


Eu tive aspirações, estátuas partidas
As minhas ambições, mágoas esquecidas
Abri toda minh’alma deslumbrada
E sou feliz porque em meu peito
Despertou uma alvorada

Não há abraços a mais em nosso abraço
Começo a perceber o que é amar
Estamos presos na vida ao mesmo laço
Que a vida já não pode separar;
Um milagre de sonho me tocou
Agora, é mais suave o chão que piso
O que me deste amor e o que eu te dou
Tem qualquer coisa, meu amor, dum paraíso

O que passou passou, sou outro agora
As más recordações mandei embora
Depois, veio contigo um mar de esperança
E mais calor e fui criança
No berço do nosso amor