<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Vida nocturna

Fernando Farinha / Alberto Correia
Repertório de Fernando Farinha

A noite
Tem não sei quê de mentira / Tem não sei quê de verdade
Faz a saudade nascer / E faz morrer a saudade
Umas vezes escuridão / Outras vezes claridade

Vida nocturna

Refúgio de quem é triste
E brinca num cabaret
para fingir que existe
Vida nocturna
Onde uma simples bebida faz esquecer por momentos

Desgostos de toda a vida

A noite
A noite é tão inconstante / Como o amor da mulher
Tanto nos dá felicidade / Como nos pode perder

Saúde que nos dá vida / Ou vida que faz sofrer