-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.260 LETRAS <> 3.120.500 VISITAS * MARÇO 2024 *

. . .

Vida nocturna

Fernando Farinha / Alberto Correia
Repertório de Fernando Farinha

A noite
Tem não sei quê de mentira 
Tem não sei quê de verdade
Faz a saudade nascer 
E faz morrer a saudade
Umas vezes escuridão 
Outras vezes claridade

Vida noturna

Refúgio de quem é triste
E brinca num cabaret
 
Só para fingir que existe
Vida noturna
Onde uma simples bebida 
Faz esquecer por momentos
Desgostos de toda a vida

A noite
A noite é tão inconstante 
Como o amor da mulher
Tanto nos dá felicidade 
Como nos pode perder
Saúde que nos dá vida 
Ou vida que faz sofrer