- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado da contradição

Lourenço Rodrigues / João Dias Nobre
Repertório de Margarida Bessa 

Não estou bem ao pé de ti / Longe de ti também não
A nossa vida é assim / Eterna contradição

Penso fugir-te e aposto / Mas tudo volta em seguida
Digo que não gosto e gosto / E assim passamos a vida

Se eu digo sim, tu dizes não
Se eu digo não, tu dizes sim
Vive-se assim em discussão
Numa constante contradição

Zangado foste-te embora / Pedi que não me deixasses
E quando voltaste agora / Tive pena que voltasses

Não posso viver sem ti / Não posso viver contigo
A vida assim, eu já vi / Vai ser um grande castigo

Se queres saír, eu não quero / Se tens calor, tenho frio
Se t’espero, desespero / Se vens cedo, desconfio

A minha cabeça trago-a / Em constante burburinho
Se queres vinho, bebo água / Se queres água, bebo vinho