- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Canção vira lata

Letra e música de João Monge
Repertório de Hél der Moutinho 

Eu queria escrever-te um poema domingueiro
Assim meio rafeiro com a rima sem gravata
Daqueles poemas onde cabe o mundo inteiro
Para te mostar um coração vira-lata

Eu queria cantar uma canção que tu recordes
Daquelas que arrepiam a cova-do-ladrão
Mas só aprendi a fazer os tês acordes
E agora, mulher, ainda tenho salvação?

Ai Geni...
Eu queria ser o teu artista
O trapezista que te faz soltar um grito
Ai Geni...
Ser o teu pássaro de alpista
No teu poleiro, queria ser o mais bonito

Eu queria ter assim a pinta do Caetano
Que embala com carinho o teu bichinho-do-ouvido
Fazer boa figura e não pôr nódoa no teu pano
E agora, mulher, achas que sou um bom partido?