- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Era de noite e levaram

Letra e musica de José Afonso (?)
Repertório de António Mourão

Era de noite e levaram
Quem nesta cama dormia
Nela dormia... nela dormia
Sua boca amordaçaram
Com panos de seda fria
De seda fria... de seda fria

Era de noite e roubaram
O que nesta casa havia
Na casa havia... na casa havia
Só corvos negros ficaram
Dentro da casa vazia
Casa vazia.. casa vazia

Rosa branca, rosa fria
Na boca da madrugada
Da madrugada... da madrugada
Hei-de plantar-te um dia
Sob o meu peito queimada
Na madrugada... na madrugada