- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Chegou o outono

António de Sousa Freitas / Nóbrega e Sousa
Repertório de Tony de Matos

De novo já no outono
Diz-me um adeus a tua mão
Que è tal e qual o adeus
Das folhas pelo chão

Depois nas sombras quietas
Ficamos ambos e a saudade
È como um céu que alaga
De eternidade

E a vida está nessas folhas
Que são as horas caídas
As horas em que desfolhas
As nossas vidas
E o outono está onde nós
Seremos névoa e dor
Eu sou tristeza, grito e voz
Pedindo amor
Ó meu amor