- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Alma sentida

Moreira da Cruz / Julio Proença *fado puxavante*
Repertório de António Mourão

Quando o teu olhar desmente
Tua boca, quando fala
Deixa lá, minh'alma sente
O que o teu coração cala

Só Deus sabe quanto ilude / Uma expressão de candura
Às vezes, num gesto rude / Vai um mundo de ternura

Não percas, ó minha mãe / O teu jeito de embalar
Lá no céu conserva-o bem / Pois a ele quero voltar

Ai a vida, o que è a vida / Que sentido è que ela tem
Uma ãnsia desmedida / 
Daquilo que nunca vem