- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Há fado

Maria de Lurdes Brás / Alfredo Duarte *fado cuf*
Repertório de Maria de Lurdes Brás

Há fado, no dizer destes meus versos
Emoção no soluçar de uma garganta
Há fado, nos meus passos tão dispersos
Amargura, na alma de quem canta

Há fado, no caminhar pela vida
No sol que brilha e em cada suspiro
Há fado, em cada noite perdida
Na madrugada e no ar que respiro

Há fado, no virar de cada esquina
No aperto de mão, num abraço amigo
Há fado, quando uma guitarra trina
Na noite que eu tenho como abrigo

Há fado, num sorriso amargurado
E neste meu destino fatalista
Se na forma de cantar, também há fado
Por sina ou por condão me fiz fadista