- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

As duas graças *o encontro*

Maria do Rosário Pedreira Alfredo Correeiro *marcha do correeiro*
Repertório de Aldina Duarte

Quando as duas raparigas
Cruzaram o seu caminho
Vinham perdidas de riso
Entre a graça das amigas
Ele, que vinha sozinho
Ficou bastante indeciso

Parou p’ra melhor as ver
E, nesse olhar reparando / Pararam elas também
E, se uma era fogo a arder
Pois a outra, em lume brando / Queimava como ninguém

Loira uma, outra morena
Uma acendia desejos / Na outra havia mistério
E, enquanto da mais pequena
Queria abraços e beijos / Com a alta o caso era sério

Ao pé delas tarde fora
Dessas duas raparigas / Foi só uma que escolheu
E quem se riu chora agora
Pois entre invejas e brigas / Quase tudo se perdeu;
E hoje chegou a hora
De vos contar as intrigas / Porque a escolhida fui eu