- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

História sem fé

Manuel Paião / Eduardo Damas
Repertório de Tristão da Silva

Ele era da Mouraria / E ela da Madragoa
Viviam longe um do outro / Mesmo vivendo em Lisboa

Um
dia a Rua da Prata / Numa esquina os dois juntou
Ele olhou, ela sorriu / E aquele amor assim começou

Passaram dias e meses
Que aquele amor foi paixão
Casaram os dois na Esperança
E foram p'ro Capelão
Tempos depois, numa tarde
Em que tudo era virtude
Levaram os dois a filha
À Senhora da Saúde


Ela cresceu e um dia / Numa rua de Lisboa
Ficou presa aos olhos negros / Que vinham da Madragoa

Ele falou do seu bairro / E ela falou do dela
E começou o namoro / 
Ele na rua rua e ela à janela