- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 2.000.000 VISITAS // DEZEMBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Basta, nunca mais

Manuel Carvalho / Maximiano de Sousa *noite*
Repertório de  Alberto Alves

É verdade não o nego / Que foste o meu encanto
Mas eu devia andar cego / Para te amar assim tanto

Dei-te tudo quanto tinha / Fiquei sem nada e por fim
Fiz de ti uma rainha / E hoje ris-te de mim

Nunca... nunca mais te quero ver
Basta de tanto sofrer
Confesso estou cansado
Nunca... um homem nunca devia
D’amar quem não merecia
E depois ter este fado

Arrisquei tudo por ti / Por encanto ou feitiços
Mil anos envelheci / Por aturar teus caprichos

Agora vou ajudar / Meu coração a esquecer
E ensiná-lo a gostar / Só de quem amor lhe der