- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A verdade do meu fado

José Guimarães / Alfredo Duarte "fado versículo*
Repertório de Adelina Silva

Não me falem do passado e da saudade
Não me falem mais d'amar e de sofrer
À verdade do meu fado è a verdade
Do que eu sinto a cantar, quero dizer

Para a morte sem disfarce a vida corre
E não temo ver chegar a despedida
Se está escrito que o que nasce também morre
Não sou eu que vou mudar a lei da vida

Olho o mundo sem maldade, confiada
No que a vida tem em si para oferecer
E ao cantar toda a verdade do meu fado
Canto a vida que escolhi para viver

Deixem-me ser como sou, porque não há
Outro bem dentro de mim, mais adorado
Posso errar por onde vou, mas deixem lá
Deixem lá que seja assim, é o meu fado