- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.180 LETRAS PUBLICADAS // 1.930.000 VISITAS // OUTUBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Os loucos não mentem

Torre da Guia / Alvaro Martins
Repertório de Maria d’Assunção

Loucos, que loucos que eu os vi
Junto com eles senti
Do que é capaz o amor
Loucos, loucos assim como eles
Eu p’ráli no meio deles
A viver a mesma dor

É sempre assim
O amor faz recordar
Faz viver e faz chorar
Magoa mesmo cá dentro
E há quem diga
Que é fácil de dominar
Que pode até amarrar
A força do sentimento

Loucos, os loucos não são vaidosos
Amam, insistem, teimosos
No amor que lhes consentem
Loucos, loucos sim mas na verdade
Merecem a felicidade 
Porque os loucos não mentem