<> Canal de rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça Fados

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Farrapo da vida

O.Trindade / J.Coutinho
Repertório de Tristão da Silva

Tu és farrapo da vida
Tens a alma perdida
E o amor próprio também
Tu és mulher desprezada
Não amas nem és amada
Não és filha de ninguém

Tu vives para enganar todo o mundo
Rico, pobre ou vagabundo
Um nome próprio não tens
Para uns és Madalena
Para outros Maria Helena
Mas para mim não és ninguém