- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado Rita

Rita Mariano de Carvalho / Alfredo Duarte
Repertório de Maria Teresa de Noronha

Não vistas de preto a dor
Nem chores porque parti
Põe luto p’lo nosso amor
Põe antes luto por ti

Veste de branco essa dor / De verde, azul, encarnado
Sempre vestiste de cor / Quando eu morria a teu lado

Negra só a falsidade / Que é toda um ser e não ser
É como a chama que arde / Sem ganhar e sem perder

Veste de branco a saudade / Trá-la de branco vestida
Morte só morte é verdade / 
Nesta mentira da vida