- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado do cansaço

Letra e música de Cuca Roseta
Repertório da autora

De tanta vida que prendo
Sobram palavras sem ideias
Eu já não me compreendo
Neste emaranhar de teias

É como um nó na garganta
Que prende a respiração
Poeira que se levanta
Dentro do meu coração

Sê como o vento, liberta, solta
Sê como o vento a libertar o teu pensamento
Vê como o olhar, liberta, solta
Vê com o olhar, mais profundo, mais singular

Com toda a essência que prendo
Surgem mais e mais porquês
É uma agitação cá dentro
Desejo, saudades, talvez

Cansaço sobre cansaço
Sufôco sombrio
À beira do meu colapso
Descanso, páro, adio