- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.360 LETRAS <> 2.245.800 VISITAS <> AGOSTO DE 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Amizades

Carlos Conde / José Junot Lopes Fernandes
Repertório de Frutuoso França

As amizades são perigos
Por vezes dum mal atroz / E resultados brutais
Ninguém queira mais amigos
P’ra dizerem mal de nós / Os poucos já são de mais

Sei que os há bons, certamente
Que até são por simpatia / Dignos dos nossos segredos
Mas esses infelizmente
São tão raros hoje em dia / Que até se contam p’los dedos

Amigos são inimigos
Cuidado, muito cuidado
Ter amigos é ter perigos 
Lá diz o velho ditado
Amigos são inimigos
Mesmo poucos não convém
Apenas conheço amigos
Meu paizinho e minha mãe

Vão com ações malfazejas
Cavando nossos revezes  / Nas mágoas que nós sofremos
As intrigas e as invejas
São urdidas muitas vezes  / P’los amigos que nós temos

Há quem tenha, mundo além
Amigos bons, dedicados / Quer nos risos, quer nos perigos
Mas sei de outros muito bem
Que não eram desgraçados / 
Se não fossem os amigos