- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado negro, negro fado

Maria de Lourdes Carvalh / Pedro Rodrigues *fado primavera*
Repertório de Maria Dilar 

Toda a minha vida é fado
Canto de pássaro cansado
Dum piar triste e profundo
Pássaro negro, negro fado
Durmo com a noite a meu lado
Envolta no fim do mundo

Pássaro sem ninho feito
Tão perdido pelo jeito
Das tuas mãos desvairadas
Meu corpo de mil desejos
Alimenta-se de beijos
Em cansadas madrugadas

Tenho rogos de quimera
É tão escura a primavera
Como as asas que me cobrem
Fado negro, meu queixume
Tão dorido de ciúme
Tão seco de tanta fome