- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Despertar

Jorge Rosa / Alvaro Duarte Simões
Repertório de Fernando Maurício

Portugal velha cantiga
Portugal antiga trova
Que deixou de ser antiga
P’ra se cantar como nova

Portugal ramo de cravos
De coragem e valor
Ramo de heróis e bravos
Ramo de paz e amor

Portugal perfume novo
Aroma de essência rara
Mistura d’espeança e povo
Que a nenhuma se compara

Portugal doce sorriso
Num rosto que foi tristeza
Sonhar que foi impreciso
Despertar que foi certeza