<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Lá vai Lisboa

Norberto de Araujo / Raul Ferrão
Repertório de Amália 

Ai de corações ao alto nasce a lua
E a marcha segue contente
As pedrinhas de basalto cá da rua
Nem sentem passar a gente

Nos bairros desta cidade encantada
Tudo serve na alegria
E faz-se alegre a saudade
Ao toque da alvorada
Ao toque da Avé-maria

Lá vai Lisboa com a saia cor de mar
Cada bairro é um noivo que com ela vai casar
Lá vai Lisboa com seu arquinho e balão
Com cantiguinhas na boca e amor no coração


Bairro novo, bairro velho, gente boa
Em casa não há quem fique
Vai na marcha todo o povo de Lisboa
Da Graça a Campo de Ourique 


Olha o Castelo velhinho, que é a coroa
Desta Lisboa sem par
Abram, rapazes, caminho
Que passa a velha Lisboa
Que vai a Alfama passar