- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amália é fado

Maria de Lurdes Brás / Joaquim Campos *fado vitória*
Repertório de Maria de Lurdes Brás

Portugal, inteiro viu
E uma *Lágrima* caiu
Foi tão triste a despedida
Já não vais ao rio lavar
E Deus vai-te perdoar
Que *Estranha forma de vida*

Na *Rua do capelão*
Confesso foi *Maldição* / Esse teu *Nome de rua*
Malhoa* na sua vez
E esse *Fado Português* / A quem disseste *Sou tua*

Eras *Casa Portuguesa* / Lisboa não é Francesa
No mundo inteiro tens fama
Ai Mouraria* Madragoa*
Foste *Maria Lisboa* / E Madrugada de Alfama

Eu Queria cantar-te um fado* / Como *Tudo isto é fado*
Foi a Deus que agradeci
A *Gaivota* quebrou amarras
Silêncio, trinam guitarras / *Disse-te Adeus e morri*