- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.575 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Apenas poema

José Fernandes Castro / Frederico de Brito *fado britinho*
Repertório de Rosina Andrade


Sou povo da minha terra
Trago meu fado marcado
No meu sentir português;
Na paz que minh'alma encerra
Sou a viva voz do fado
Cantando novas marés

Sou maré de solidão
Sou barco que não flutua / Em ondas de falsidade
Na força da sedução
Minha paixão continua / Respirando felicidade

Neste meu tempo de vida
Vou descobrindo magia / Na loucura do desejo
A minha alma perdida
Tem marca de fantasia / Na fantasia dum beijo