- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.078.500 VISITAS /*/ FEVEREIRO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

BARRA DE PESQUISA

Não podia estar melhor

Boss AC / Tiago Machado
Repertório de Marco Rodrigues

Sem querer adormeci e o alarme não ouvi
Atrasei-me tanto, visto-me à pressa
À porta do café encontro a dona Zé
Quer contar-me tudo lá da travessa

Ai agora o que é que eu vou fazer
A vida é bela e é p’ra se viver
Respiro fundo e digo assim:
Que bem estou
Não podia estar melhor

O chaço não quer pegar, o autocarro a passar
O motorista nem parou e assim não ajuda
Acabei por ir a pé, a subir pelo sopé
Sem chapéu e a chover, Deus me acuda

Tudo se compõe, é preciso ter calma
Deixem-me cantar, cantar faz bem à alma
Se querem saber: não podia estar melhor

Chego a casa e não há luz n
em há água para o duche
Trato disso amanhã, alguém me dê férias
Quase um mau olhado, tudo bate errado
Mas pensando bem, há coisas mais sérias